Mobile Legends é aquele MOBA que roda até no seu tablet xing-ling

Aaaah, o maravilhoso mundo dos joguinhos. Existem vários gêneros nos mais diversos lugares, para agradar todos os tipos de gosto (até os mais bizarros). E se tem um gênero específico que tem sido lucrativo na indústria gamística esse é o Multiplayer Online Battle Arena (MOBA). Não é exatamente uma febre e sim algo mais consistente, que vem se consolidando no mercado há tempos.

Os maiores expoentes dessa linha são Dota 2, da Valve, e League Of Legends, da Riot. É óbvio que existem clones que usam a mesma mecânica em PCs e Consoles. Mais óbvio ainda é a existência de adaptações para dispositivos móveis. Nos mobiles o jogo mais conhecido é Vainglory, da Super Evil Mega Corp, game que eu não instalo porque o nome da developer é Corporação Super do Mal meu telefone tem sérios problemas de desempenho durante as partidas.

Então decidi vasculhar as lojas de aplicativos, fóruns, subreddits e afins em busca de um jogo semelhante, até que cheguei a Mobile Legends. As indicações apontavam que o game tinha mecânica bem fiel aos dos PCs e jogabilidade facilitada, além de ser relativamente leve. O que de fato é. Pra se ter uma ideia, consegui rodar o Mobile Legends no meu (agora finado) iPhone 4.


O jogo é desenvolvido pela Youngjoy e publicado pela Moonton para Android e iOS. Ele vai direto ao ponto no começo e tem um tutorial curto, além da partida contra bots para apresentar as noções básicas de jogabilidade. Quem já teve contato com MOBAs anteriormente se adapta facilmente e pode achar o tutorial bem intuitivo. Já aqueles que nunca jogaram algo do gênero podem estranhar tanta informação de imediato (falo por experiências que presenciei, ensinando alguns amigos a jogar para montarmos um time bacana).

O mais interessante é que Mobile  Legends transporta para os dispositivos móveis uma experiência quase completa dos MOBAs e há opções de se jogar no 5v5 em modo de batalha, em partidas rankeadas (que valem os famosos elos), contra bots (modo recomendado para quem está começando e/ou quer aprender como usar determinado personagem), além do Brawl Mode, onde os campeões se enfrentam em uma única lane, modo que é excelente para aprimorar o trabalho em equipe definir estratégias de combate para os personagens.

Campeões



Como todo MOBA que se preze, Mobile Legends tem uma certa variedade de campeões. O que cabe chamar atenção, no entanto, é que boa parte deles é inspirada em personagens famosos. Temos o sprite do Dante, de Devil May Cry, além do Akai, herói totalmente chupado do Po, de Kung Fu Panda.

As classes dos campeões são as de sempre, com magos, tanks, suportes, soldados e afins. E é possível adquirir heróis utilizando os Battle Points (BP), que são ganhos em batalhas, ou Diamantes, que podem ser comprados com dinheiro real. Aliás, os diamantes também servem para comprar skins e outros itens interessantes.

Também há alguns heróis que esporadicamente entram no jogo e são disponibilizados apenas a quem investe uma grana, seja qual for a quantia. Uma das heroínas cuja aquisição funcionou dessa forma foi a Freya. Mesmo que você gastasse R$ 2,99 e comprasse 50 diamantes já era possível desbloquear ela.

Desempenho

Como o meu título deixou claro, o jogo tem um desempenho bacana até mesmo em dispositivos mais fracos. Mesmo que seu tablet seja xing-ling ele pode rodar o game, desde que tenha Android 4.0 ou superior.

É possível escolher se você quer jogar com os gráficos no low, medium ou high, o que facilita bastante e colabora em aparelhos mais fracos. Aliás, recomendo fortemente a jogatina em tablets ou smartphones que tenham telas com mais de 4.5'. Telas um pouco menores podem dificultar a legibilidade de algumas telas do jogo como um todo (acredite, era quase impossível ler todas as letrinhas em telas relativamente pequenas).

Problemas da comunidade

Eu não poderia fazer uma postagem sobre o jogo sem contar um de seus maiores problemas: a comunidade. São os jogadores que ditam a popularidade de um determinado game e, convenhamos, o mercado móvel carece de maturidade por parte de seus consumidores. É MUITO comum entrar em batalhas onde o time não respeita divisão de lanes e acaba bagunçando tudo, além de jogadores que simplesmente saem no meio da partida e deixam a equipe a esmo.

Esse tipo de situação ocorre até mesmo nas partidas rankeadas e, para amenizar o problema, foi introduzido um sistema de recompensas por ser confiável (se você não é denunciado por outros jogadores e mantém desempenho razoavelmente bom, seu nível de confiança fica em 100% e dá pra ganhar alguns bônus), que acaba punindo os trolladores. Infelizmente os problemas ainda estão longe  de serem resolvidos por completo, e há algumas situações esquisitas, como por exemplo o dia em que tive de desvincular minha conta do Facebook, pois um cara que jogou mal na partida rastreou meu perfil e veio tirar satisfações após termos perdido (sim, esse tipo de coisa acontece. Depois que bloqueei o cara vinculei meu perfil novamente por causa dos eventos).

A comunidade também é cheia de jogadores que, ao invés de apenas jogar, perdem seu tempo em tretas desnecessárias para discutir se o melhor é Mobile Legends, Vainglory ou qualquer outro MOBA mobile. Semelhante ao que ainda ocorre na guerrinha Dota vs LOL por parte de alguns poucos jogadores que não tem o que fazer da vida além de acabar com o deboísmo alheio.

No entanto, vale ressaltar que boa parte da comunidade de Mobile Legends é receptiva e madura. Vários jogadores levam as partidas a sério, o que facilita construir um time bacana. Além de tudo existe o grupo Mobile Legends Brasil, no Facebook, que conta com quase 50 mil membros e reúne um pessoal realmente bacana, o que facilita para trocar builds de campeões, dicas e mais.

Aliás, recentemente o pessoal da Moonton se tocou que era necessário um lugar para centralizar as informações do jogo, e foi lançado o site do Mobile  Legends, que reúne as principais informações relacionadas a tudo que acontece no jogo.

Caso você tenha se interessado pelo jogo, pode baixar a versão de Android ou a de iOS. E podem aguardar que em breve começaremos a postar frequentemente sobre o  Mobile Legends por aqui.

Comentários