Conheça o Adobe Muse

Tenho de confessar que sempre fui um cara cético quando o assunto se trata de programas focados na criação de sites. Quando comecei a estudar o básico da programação web passei a ler muito sobre os softwares que estavam em voga na época, e como muitos os achavam milagrosos. Posso citar aqui o clássico (e morto há muito tempo) Microsoft Frontpage. Em praticamente todos os lugares que eu buscava o conhecimento, 90% das pessoas apontavam o dedo para o programa e o acusavam de gerar código desnecessário, poluindo o arquivo fonte do site. Sem falar nas limitações do Frontpage, que realmente era voltado para quem quisesse criar sites institucionais.

Paralelo a ele corria o DreamWeaver, da Adobe, também focado na criação de páginas web, porém mais completo e com diversas possibilidades. Quem optava por escrever o código no DreamWeaver contava com ferramentas que tornavam a visualização do código mais amigável, e um sem fim de opções. Vale citar aqui também os criadores como Kompozer, NVU e outros, disponibilizados de forma gratuita.

Apesar de toda essa gama de opções, sempre optei por criar o que quer que fosse escrevendo os códigos desde o início, usando o glorioso Notepad++ para deixar tudo mais legível. Há alguns meses, porém, conheci o Adobe Muse. Confesso que tive pouco tempo para estudar todo o universo relacionado a ele, mas ouso dizer que se trata do sucessor espiritual do DreamWeaver, e muito melhorado. O programa é bem completo e descomplicado, possibilitando a qualquer um criar suas páginas com alguns poucos cliques. Além de tudo ele oferece toda uma biblioteca de plugins e widgets para incrementar as páginas, e conta com uma comunidade envolvida que ajuda a solucionar muitas dúvidas e resolver problemas que podem surgir durante o desenvolvimento de um site.


O Muse é bem completo, e com ele é possível criar sites de diversas proporções (desde uma página simples para um institucional até algo de proporções gigantescas e com design responsivo). Se você é uma daquelas pessoas que sempre quis criar o seu site, mas passa longe de plataformas como Blogger, Wordpress e WIX, o Muse se encaixa perfeitamente no teu perfil. Caso queira dar uma chance e experimentar, ele faz parte da suíte de aplicativos CreativeCloud. Neste canal aqui tem alguns vídeos bacanas para quem quer conhecer um pouco mais da ferramenta na prática. Há também o site Rede Muse Maníacos, que conta com muito conteúdo voltado para os usuários do programa e recomendo fortemente.  

Comentários