Postagens

Sobre o tempo em que eu tinha tempo

Me lembro perfeitamente da rotina que tinha quando era pequeno. Saía da escola pontualmente às 11h30, chegava em casa às 11h45, almoçava e tinha tempo livre até o início da noite. Preenchia o que pareciam ser infinitas horas com cursos, tempo em frente ao meu Super Nintendo, lendo ou brincando na rua.

Lembro também como era aguardar ansiosamente o lançamento de algum filme e não ter dinheiro para ir ao cinema, afinal, o sustento da casa era provido pelo meu pai, e não sobrava muito no fim do mês quando o objetivo era sustentar quatro filhos. Comecei a trabalhar aos fins de semana para ajudar, mas ainda me sobrava muito tempo livre.
Hoje, mais de dez anos depois, ocorre o inverso. Consigo, sem muita dificuldade, comprar um livro aqui, outro ali, e faço o mesmo com filmes e jogos. A maior dificuldade é conseguir uma brecha na agenda e consumir o conteúdo que eu tanto gosto. A questão deixou de ser dinheiro.
A impressão que tenho atualmente é que das 6h às 22h não consigo fazer absoluta…

Será se vale a pena? | Bittboy

Segundatina: Stardew Valley

Sobre fliperamas, garotas e anos 90

Mountain Climber: Frozen Dream | A cópia safada e mercenária de Celeste

A Frequência Kirlian | Contos de terror à meia-noite

WiFi Ralph | Uma animação sobre a toxicidade da internet

Mercado Crédito | O "modo carnê" do Mercado Livre

O retorno de Grand Chase | Foi em grande estilo?

Segundatina: RWBY Amity Arena

Discord Convergente

Segundatina: Towaga

Segundatina: Battlelands Royale